Elas ainda são poucas, mas buscam conquistar lugar em espaços até então exclusivamente masculinos.

Apesar de parecer bem incomum, algumas mulheres encantam-se pela arte da barbearia e sentem-se completamente à vontade em ambientes onde 100% dos clientes e quase a totalidade dos profissionais são do sexo masculino. Nas suas histórias de vida é comum a tradição familiar da profissão e o desafio de inovar e ganhar cada vez mais espaço profissional. Apesar de ainda existir preconceitos quando o assunto é mulher no comando de tesouras e navalhas, a suavidade e leveza das mãos femininas e o olhar atento aos detalhes tem feito a cabeça e a barba de muitos homens por aí.